segunda-feira, julho 17, 2006

Frangueiros?_1










Quando um é o jogador de futebol com mais títulos conquistados em todo o Mundo e o outro é o único guarda-redes a defender 3 penalties em uma fase final de um Mundial, já é tempo de algumas pessoas começarem a chamarem-nos pelos seus nomes em vez de lhes aplicarem constantemente o termo "Frangueiros".

Aqui fica a minha homenagem a Vitor Baía e a Ricardo.

Comentários:
Não tenho dúvidas que são dois grandes guarda redes. O Baía, não merecia o tratamento que teve por parte do Scolari. Acho que merecia outra despedida da selecção, e ainda tou para saber qual a razão do seu afastamento. Quanto ao Ricardo, o melhor era sair, pois se a época começa mal pra ele,começa a ser vaiado por aqueles que o ovacionaram no europeu e mundial.
 
Dois bons guarda redes, não existem dúvidas e poucos dirão o contrário.
O que aconteceu, foi quanto a mim muito simples: Vítor Baía terá deixado claro ,ou através de atitudes, ou mesmo palavras, que não era um guarda redes suplente. E levar um guarda redes titular para ser suplente numa equipa só traz uma coisa : mau ambiente.

O Papel do suplente, mais do que assegurar qualidade futebolística é garantir tranquilidade a quem vai lá para dentro desempenhar o seu papel.

Acho que Scolari decidiu bem, e não estou a avaliar o acerto da escolha de Ricardo como titular, mas sim o facto de que a partir do momento em que definiu que seria ele o titular (e Scolari comprometeve-se sempre com essa ideia), Baía não era uma mais valia em termos de balneário...

Quanto à qualidade dos dois, não está em discussão. Se em algum momento já esteve, penitenciemo-nos porque são de facto dois grandes guarda-redes. Baía mais regular (agora), Ricardo mais espectacular e talvez mais de engate. Mas longe, longe , longe de poderem ser considerados frangueiros.
 
Bons Guarda-Redes penso que é consensual. Nenhum deles é um grande, grande Guarda-Redes. Mas isso há cada vez menos. Exceptuando Buffon, Casillas e talvez Chec. Tentaram fazer de Baia um super GR. Não o era, não o é e certamente nunca o será.
Se bem que hoje em dia as novas bolas ainda dificultem mais a vida aos GR. Golos de grande distancia são cada vez mais frequentes e a tentação é chamar de frango.
Entre Baia e Ricardo, prefiro Ricardo. Sinto mais confiança em Ricardo.
Os 3 penaltys?? Mérito claro. Muito mérito! Mas lembro-me de Goycoechea no Mundial de 90 o qual também defendeu uma catrefeda de penaltys ao longo da competição e nem por isso era uma GR por ai além.
Quanto à questao do Suplente. Aceito perfeitamente o critério de Scolari. Não penso que seja assim tão linear, mas aceito. Vejo por exemplo Kahn e Lehman que nem se falam e os estão lá.

Frangueiros??? Se Baia e Ricardo são frangueiros, então Quim é o Sr. Aviário!
 
Dois bons guarda-redes que ao longo da sua carreira deram alegrias e tristezas aos seus adeptos.
Para mim, Baía já teve a sua época (36 ou 37 anos) e atingiu um patamar superior ao que Ricardo alcançou até hoje, mas penso que ainda pode melhorar bastante pois tem perto de 30 anos.
Quanto á escolha de Scolari, nada a questionar, ele decidiu que Ricardo era o titular e prescindiu de Baía que era uma fonte de instabilidade no balneário (tal como Couto e João Pinto), sim porque muita coisa ficou por explicar acerca do Mundial de 2002.
Ou será que me engano Sr Madail ?
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]

   
Futebol Português


My blog is worth $2,258.16.
How much is your blog worth?

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!